Significados Ocultos dos Números

abstract binary numbers tunnel digital art 2400x1800 wallpaper_wallpaperswa.com_60.jpg

 

A Numerologia como estudo cósmico atravessa todas as eras. Desde os povos mais antigos do globo, todos eles em algum momento se dedicavam ao estudo dos números (ou símbolos correspondentes) uma vez que a construção do Universo (verso do Uno) se dá pelos números. Todas as Teogonias utilizam os números para simbolizar ideias, forças e princípios. Falar da história da Numerologia é falar da História do Mundo e até antes do Mundo ser formado.

Antes dos gregos, dos fenícios, dos hindus, dos egípcios, do Tibet, os atlantes (do continente perdido) já usavam dos símbolos numéricos para todo o tipo de manipulação mental ou de energias. Por isso, se quisermos buscar realmente o início do estudo dos números em nosso planeta, teríamos que estudar a raça Atlante, suas sub-raças, e sua história. E para isto, precisamos ter acesso aos documentos (velados) destes povos antigos nos quais nada sabemos. Portanto, deixemos para o futuro um estudo real e aprofundado do início da Numerologia como estudo. Eis um breve resumo:

Polaridade e características dos números

Cada número possui uma característica única e também polaridade. Vejamos:

  0. (n) O nada que também é tudo. Começa e termina em si mesmo. O ovo de ganso, o todo. Dentro do 0 (zero) há todos os números. Ele é o ovo que será fecundado e se manifestará sobre múltiplos efeitos.

  1. (+) A semente. O ovo fecundado. O início. A ideia. Representado geometricamente pelo ponto ( . ). Unidade, composição do todo. Gera força, iniciativa, independência, abre caminhos com as próprias mãos.
  2. (-) Meiose. O ovo divide-se em duas partes que tendem a continuar se dividindo. O primeiro movimento da unidade.  Dualidade. O como fazer aqui se processa. As leis. Representa a linha reta (conexão entre 2 pontos); dualidade. Gera a união, os elos, os vínculos, as associações.
  3. (+) Mitose. Aqui o ovo fecundado gerou um novo ser que poderá gerar outros e assim por diante. Multiplicidade. Efeitos . Representado pelo triângulo equilátero, ou ponto central na reta. Expansão, a criatividade, o Belo, o múltiplo.
  4. (-) Densificação máxima. Quadrado fechado e manifestado. A matéria. Símbolo da manifestação tridimensional, gerando estrutura, constrói, solidifica, densifica, organiza.
  5. (+) O novo. A surpresa. O abstrato. O não no sim. Síntese dos quatro elementos.Quintessência. Transformação, renovação. Acelera e liberta.
  6. (-) A Harmonia. O Amor fraterno. A volta do sim no sim. Harmoniza, concilia, gera afeto.
  7. (+) A evolução. Atinge um novo grau de consciência. Atinge um estado superior. Gera  conhecimento, análise, pensamento, reflexão.
  8. (-) A oitava coisa. A síntese de tudo que veio antes. Gera ativamente justiça, ordem, exerce autoridade, fluxo.
  9. (n) A finalização. A chave de Ouro. Voltando para o 0 (zero), ou seja para o TODO. Compreensão, realiza, amplia, ajuda.

matrix.jpg

.Vejamos a seguir,  Números com qualidade humanas, ou seja, como os números (forças) se comportam quando atuando no ser humano dentro do contexto social atual.

Número 1: é uma força que leva a pessoa a agir. Tem impulso pela vitória, pela liderança, pelo controle. Brilhar, mostrar, fazer acontecer. O 1 tem a tendência individualista (primeiro eu) e territorialista (meu espaço e seu espaço). Independência, originalidade, inventividade. Conquistar, ter e fazer. O BEM. Figuras masculinas, entre elas a figura do pai. O Grande Iniciador. O Grande Líder.

Número 2: é uma força que na vida humana promove uniões e relaciona-se. Coopera, dá atenção, olha para o outro. Receptivo e atencioso. Estabelece vínculos, associa e compara. É dual, pode ser assim como pode ser do outro jeito também. Flexível e adaptável. O BOM. Figuras femininas entre elas a mãe. Arquétipo dos relacionamentos pessoais. Compartilhador. Divide e compartilha. O Grande Parceiro. O Grande Associador.

Número 3: comunica-se pela fala, escrita, gestos, corpo e mente. Ideias, ideias, muitas ideias e multiplicidade (vários dons). Curiosidade inata. Imagens. Fértil. Artesão. Artista. Músico, cantor, pintor, designer, dançarino, humorista, amigo. Festas, comemorações, alegria. Otimismo. Leve como uma pluma. Sociável e turista. Elegante. Estético. Valoriza a beleza, O BELO. Figuras de crianças entre elas o arquétipo do filho(s). Cresce e desenvolve-se. Expansivo. O Grande Artista. O Grande Comunicador.

Número 4: força da materialização, da densidade. A ideia do 3 aqui no 4 toma forma e se solidifica. Ritmo, constância. Treinamento, dedicação, esforço. Concentração e foco. Repetição. Contração de esforços em equilíbrio. O 4 dá base, estrutura, sustentação. Estável e incorruptível. Inquebrável. Perene, duradouro. Trabalho árduo e disciplinado. Ordem e organização. Figuras mais velhas, arquétipo dos avós e das estruturas de vida. O Grande Construtor. O Grande Trabalhador.

Número 5: solto e leve. Impulsivo para agir. Aprende pela experiência. É simbolizado pela mão de 5 dedos que viaja no espaço para tocar e manusear. Experimentador, explorador, peregrino, caminhante. Traz o novo pois busca o novo. Renovação e mudanças. Transformação. Desvinculador, reformador. Pesquisador. Aberto. Moldável e versátil. Sociável e viajante. Arquétipo do tempo que é desdobramento da matéria. Movimento. Liberta-se e libera-se. Doses de ousadia para gerar movimento.O Grande Transformador. O Grande Explorador.

Número 6: força que concilia, que busca harmonizar, elevar as relações a um patamar de amor fraterno e bondade. Paz. O lar como refúgio, quietude e serenidade. Arquétipo da família humana, do lar, dos relacionamentos afetivos. Responsável e idealista. Ama. Carinhoso, afetuoso, solícito. O Grande Conciliador. O Grande Amoroso.

Número 7: profundidade e poder de penetração. Buscador do entendimento. Observador por natureza. Especialista e crítico. Busca a perfeição com tenacidade. Exigente e estudioso. Explorador mental. Pensador, reflexivo, filósofo. Excelente leitor. Estímulo mental. Arquétipo da evolução, da mente racional, da Sabedoria. O 7 quer se conhecer e se dominar. E para isto vai até os confins da Terra, fisicamente e mentalmente. Ainda sim é cauteloso e minucioso. Pega sua lupa e começa a estudar cada detalhe (detalhista). Repassa cada passo dado para entendê-lo e incorporá-lo. Voltado para dentro de si, introspectivo e oculto. O Grande Buscador. O Grande Cientista.

Número 8: força da justiça, do caminho reto, da abundância e riqueza. Energético e fluídico. Vai e volta. Equilibrado, sensato, com capacidade de escolha. Gera fluidez. Prático, objetivo, organizado. Arquétipo da riqueza, das virtudes, da Lei, das autoridades. Visualizador. O Grande Visionário. A Grande Autoridade.

Número 9: amplo, universal, impessoal. Realizador. Público, para todos. Humano, compreensivo, justo e inspirador. Força que ajuda, auxilia. Sem barreiras ou preconceitos, está para tudo e para todos. Focado na realização, na doação, no bem comum. Fechamento, finalização, concretização. Fim glorioso com Chave de Ouro. Artístico e sensível. Empático. Arquétipo do Universo, das estrelas, do término de algo para início de outro. O Grande Realizador. O Grande Poeta da Vida.

Agora observe:

Do 01 para o 02

do 02 para o 03

do 03 para o 04

do 04 para o 05

do 05 para o 06

do 06 para o 07

do 07 para o 08

do 08 para o 09

do 09 para o 10

O que aconteceu com o 0 neste exemplo?

O algarismo 0 (zero) que antes estava sempre a esquerda dos demais, no fim, fica a direita. Esotericamente, da esquerda = ignorância para a direita = consciência.

O 0 (zero) representa o TODO manifestado. Este TODO tende e quer evoluir. Então ele passa por diversas experiências (do 01, do 02, do 03, do 04…) ou seja, ele inicia a caminhada (1), une (2), multiplica (3), organiza (4), etc, até finalizar a experiência, efetuar o fechamento que é o 09 para atingir novamente o 0, só que agora no 10. O 10 tem seus mistérios… e um deles é que ele representa o UNO (1) no TODO (0) após passar por diversas experiências evolutivas (1,2,3,4,5,6,7,8,9).

Logo, o 10 que é o destino de todos nós, é sermos UM com o TODO e o TODO como o UM, 10!

😀

Leia também: A Vida dos Quatro Elementos – Os Presságios (1983)

Fonte : André S. Ramos (Guia Prático de Numerologia Consciente)

Adaptação : yinconsciente

 

Por favor, lembre-se de compartilhar trechos ou textos completos do blog sempre com os devidos créditos!

Anúncios

Um comentário sobre “Significados Ocultos dos Números

  1. horusviana disse:

    Sem nexo, a quantidade de 10 algarismos não é um dado da natureza, é a representação encontrada pelo homem observando 10 dedos das mãos. podia ter 20 algarismos (mãos + pés). E se fosse só o 0 e 1, teríamos um desequilíbrio cósmico, pois zero (n) e 1(+), a energia seria sempre crescente mas o espírito é imutável, sem falar na entropia.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s