Cientistas observam como uma única partícula existe em múltiplos estados – Como é possível?

black_matter_plasma_by_lonesomefaery-672x372

”Matéria”: é do que átomos e moléculas são feitos no nível material-físico, é o que forma todos os objetos físicos, é tudo que nos permeia e qualquer coisa que contenha massa e volume. Quando os cientistas tentam obter uma melhor compreensão da natureza da nossa realidade, é para a matéria que eles olham. Entretanto, quando se observa a matéria no menor nível possível, eles são deixados com mais perguntas do que respostas.

Isso ocorre graças ao fato de que um minúsculo pedaço de matéria como o fóton, ou eléctron poderem existir em múltiplos níveis e estados (como uma “onda”), mesmo através de uma única partícula.

Há várias pequenas partículas dentro de uma única partícula. ( tendeu? rsrs)

“Nós escolhemos examinar um fenômeno, o qual é impossível, absolutamente impossível de explicar em qualquer forma clássia, e o qual tem seu coração na mecânica quântica. Na realidade, ele contém o mistério único”  (1) Richard Feynman, um dos laureados vencedores do Prêmio Nobel do Séc. 20

É importante considerar a noção de que o nosso mundo material é guiado por propriedades não físicas, da qual a consciência e sua ideia é melhor ilustrada pelo experimento da fenda dupla.  (Leia: A Influência da Filosofia Védica na Teoria de Energia Livre de Nikola Tesla)

Como pode uma única parte de matéria existir e se expressar em múltiplos estados? Além disso, como ela escolhe o caminho, dentre milhares de possibilidades, qual ela seguirá? Nesse experimento, pequenas partes de matéria (fótons, elétrons, ou qualquer pequeno objeto atômico) são lançados através de uma tela que possui duas fendas. No outro lado da tela, uma câmera ultra tecnológica grava onde o fóton passa. Quando os cientistas fecham uma das fendas, a câmera nos mostra um padrão esperado, como pode ser visto no vídeo abaixo. Mas quando ambas as fendas estão abertas, um “padrão de interferência” emerge – e elas começam a agir como onda.

Assista o experimento e já continuaremos.. – Legendado

Isso não significa que objetos atômicos são observáveis como uma onda, eles apenas agem dessa maneira. Isso significa que cada fóton individual passa através de ambas fendas no mesmo momento e se interferem entre si, mas cada um passa por uma fenda diferente. Além disso, há também o momento em ele não passa por nenhum delas. A única parte de matéria torna-se uma “onda” de potenciais, expressando-se sob a forma de múltiplas possibilidades, e é por isso que temos o padrão de interferência.

“Não siga dizendo para si mesmo, se você pode evitá-lo”, mas como isso pode ser assim? ‘Pois você vai por ralo abaixo até um beco sem saída, do qual ninguém ainda escapou. Ninguém sabe como pode ser assim. ” – (1) Richard Feynman

é aí que fica mais confuso…

Quando um observador é inserido, ou quando cientistas decidem mensurar e olhar para a fenda em que o pedaço de matéria passa, a “onda” de potenciais colapsa em um único caminho. A partícula vai e se torna novamente a “onda” de potenciais 1e0657-300x216em uma partícula tendo uma única rota. É como se a partícula soubesse que está sendo vigiada. O observador tem algum tipo de efeito sobre o comportamento da partícula.

Esse experimento da fenda dupla quântica é bastante popular e tem sido usado para examinar como a consciência e o nosso mundo material estão interlaçados.

“Eu considero a consciência como fundamental. Eu considero a matéria como uma derivação da consciência. Não podemos ficar atrás da consciência. Tudo de que falamos, tudo que consideramos como existente, é um postulado de consciência” –  Max Planck, Físico Teórico que originou a Teoria Quântica, que o rendeu o Prêmio Nobel em Física em 1918.

“O que eu vou lhe contar é algo que nós ensinamos aos estudantes de física do terceiro ou quarto ano da pós-graduação…. É minha tarefa de convencê-lo a não virar as costas, porque talvez você não irá entendê-la. Você vê, meus estudantes de física não entendem, porque eu não entendo isso. “ – (1) Richard Feynman

Esse tipo de fenômeno confuso tem sido repetidamente demonstrado e examinado por inúmeros experts de toda parte do mundo. Por exemplo, um estudo publicado no conceituado jornal “Physics Essays”, explica como fatores associados com a consciência estão co-relacionados de forma significativa de um modo previsto com alterações no padrão de interferência da fenda dupla.

“A observação não apenas atrapalha o que será mensurado, como ela o produz. É como se nós obrigássemos o elétron a assumir uma posição definitiva. Nós mesmos produzimos o resultado que é mensurado” – Dean Radin, PhD, Cientista Chefe do Instituto Noetic Sciences (fonte)

o que isso significa para nós como indivíduos e espécie?

É difícil explicar exatamente o que isso significa, mas nós estamos falando sobre observar o material de que somos compostos, da matéria, no menor nível possível. Mas se a mesma regra se aplica, então isso significa que nós existimos como uma onda de possibilidades que considera a direção que segue em suas vidas? Afinal nós todos, somos feitos dessa ”matéria”. Há outras versões da nossa forma de vida brincando em uma realidade alternativa? O que nos “colapsa” em nossas escolhas entre os caminhos de uma onda de potenciais? Há um observador que gera isso? Tem alguém nos observando? É nossa consciência que nos observa, e que dita a composição da nossa realidade? Tantas perguntas e poucas respostas. Mas como eu sempre digo, o que sempre moveu e vai continuar movendo o homem, é o ponto de interrogação rss

Uma coisa que eu venho pensado é a ideia de que a física quântica e outras descobertas em vários campos são simplesmente percursores do conhecimento antigo. Um passo atrás na descoberta de algo que já era conhecido no nosso mundo antigo.

law-of-attraction-and-quantum-physics“Amplamente falando, mesmo que haja algumas diferenças, eu acredito que a Filosofia Budista e a Mecânica Quântica podem apertar as mãos em sua visão de mundo. Podemos observar isso em grandes exemplos dos frutos do pensamento humano. Independente da admiração que sentimos por esses grandes pensadores, nós não devemos perder a vista do fato de que eles são seres humanos como nós” – Dalai Lama (source)

Se você levar em consideração esses experimentos quânticos, combinado com o grande número de estudos que examinam fenômenos parapsicológicos (consciência, poder da mente, cura à distância, telepatia, e outros fenômenos inexplicáveis), como uma evidência que aponta para o fato de que podemos influenciar nosso próprio sistema biológico apenas com pensamentos, a foto (para mim, ao menos), se torna bastante clara. Nós existimos em um mundo que não reconhece a importância do poder dos pensamentos, sentimentos e emoções quando se trata da experiência humana que criamos para nós mesmos e o estado interior no qual agimos ao criá-lo. Essas coisas tem o poder de mudar o mundo, são esses fatores que nos levarão a correção, que também é necessária.

Encerrarei esse artigo com uma citação incrível:

“A conclusão fundamental da nova física também reconhece que o observador cria a realidade. Como observadores, estamos pessoalmente envolvidos com a criação da nossa própria realidade. Os físicos estão sendo forçados a admitir que o universo é uma construção mental. O Físico pioneiro, Sr. James Jeans uma vez escreveu: ” “O fluxo de conhecimento está caminhando em direção a uma realidade não-mecânica; o universo começa a se parecer mais com um grande pensamento do que como uma grande máquina. A mente já não parece ser um intruso acidental no reino da matéria, devemos saudá-la como o criador e governador do reino da matéria. Supere isso, e aceite a conclusão indiscutível. O universo é imaterial-mental e espiritual. ‘”  – R.C. Henry, Professor de Física e Astronomia na Universidade Johns Hopkins; “The Mental Universe” ; Nature (436:29,2005) (fonte)

Isso com certeza te dará algo pra pensar! rss.

Fonte: (1) Radin, Dean. Entangled Minds: Extrasensory Experiences In A Quantum Reality. New York, Paraview Pocket Books, 2006 + Collective Evolution + The Spirit Science

Tradução: NM

Artigos relacionados:

A Ciência do Cérebro – Percepção vs. Realidade

A Sabedoria e Intuição do Corpo

Por favor, lembre-se de compartilhar trechos ou textos completos do blog sempre com os devidos créditos!

Anúncios

2 comentários sobre “Cientistas observam como uma única partícula existe em múltiplos estados – Como é possível?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s