8 razões para que seu filho não use celulares e tablets

telefone2

Seu filho geralmente brinca com o computador, laptop, tablet ou com celulares smartphones? Talvez você queira repensar essas atitudes. Pesquisas mostram que crianças expostas a esse tipo de tecnologia tendem a se prejudicar em fatores críticos para o desenvolvimento, comportamento e aprendizagem. Nem mesmo Steve Jobs deixava seus filhos grudados nesses dispositivos por saber justamente o que eles fazem com o cérebro. Neste post exploraremos as consequência que tais práticas podem levar. Vamos lá!

1) impacto no crescimento cerebral

Desde o nascimento até atingir a idade “madura”, nosso cérebro triplica seu tamanho e continua se desenvolver até os 21 anos. Para isso, o cérebro precisa de diversas estimulações saudáveis! No caso das estimulações vindas das tecnologias, pode-se causar atrasos cognitivos, prejuízo no aprendizado e aumento da impulsividade.

2) atraso no desenvolvimento social

Crianças e adolescentes que passam tempo demais se entretendo com iPads e computadores tendem a não desenvolver corretamente habilidades sociais como a fala e desempenho acadêmico na escola. O que também influencia em como hoje as crianças e adolescentes se relacionam entre si, levando muitas vezes o contato real a ser deixado de lado. Pesquisas mostram que atualmente, grande número de pessoas não conseguem se relacionar naturalmente com outros, precisando de uma tela que os separe para se sentirem à vontade para se expressarem.

3) Obesidade

Pesquisas mostram que 1 em cada 4 crianças canadenses e 1 em cada 3 crianças americanas estão acima do peso ou obesos. Esses dispositivos fazem frequentemente os nossos filhos viverem a vida de forma mais sedentárias por mantê-los “presos” em atividades que não exigem esforço físico e muito menos, mental. E o que isso faz com o seu filho?

4) sono desregulado 

Fato nem um pouco surpreendente. Não é incomum as crianças ficarem acordadas até tarde demais se entretendo em jogos online, assistindo séries etc. E todos nós, crianças e adultos fazemos isso! Somos culpados por ficar até muito tarde mexendo em telefones e dispositivos, e no outro dia, não ter energia suficiente para as atividades, o que nos leva ao aumento do stress, corpo cansado etc. Tudo isso por perder tempo de sono conectado à rede.

5) “DEMÊNCIA digital”

Conteúdo de mídia de alta velocidade, como o amplo acesso a qualquer tipo de entretenimento há um clique contribui para déficits de atenção e diminuição da concentração. Isto é causado pela “podagem” que o cérebro faz nas faixas neuronais no cortex frontal.  Há muito tempo sabemos que o nosso cérebro escolhe a quais estímulos responder em cada momento, por isso devemos ter cuidado ao que nos expomos.

6) risco de vício 

Estas tecnologias muitas vezes criam um distanciamento no ambiente familiar, entre os pais e as crianças. Tem sido demonstrado que quando falta atenção por parte dos pais, as crianças tendem a se apegarem ainda mais ao mundo digital, por (aqui) encontrarem o reconforto em amigos digitais e se distraírem do mundo real, passando cada vez mais tempo conectados.

7) A exposição à radiação

radiation-530x512

A OMS classificou os telefones celulares como um possível agente cancerígeno devido à radiação que emitem. Em 2013, o Dr. Anthony Miller, da Universidade de Toronto School of Public Health concluiu, com base em sua pesquisa, que a exposição à radiofrequência deve ser reclassificada como um agente cancerígeno. Uma destas pesquisas mostrava um aumento de 40% de risco de aparecimento de gliomas na categoria de usuários de uso mais constante do aparelho. Até mesmo o WiKiPedia tem um artigo falando sobre isso, caso você queira lê-lo, clique aqui!

 8) A tensão ocular

Sensação de cansaço, visão turva, coceira, ardência e dores de cabeça são sintomas comuns diante do aumento da poluição do ar e do uso constante de computadores. Passar muito tempo na frente de telas pode causar pressão sobre os olhos de qualquer um, mas especialmente das crianças. As crianças podem desenvolver síndrome da visão do computador, que é um tipo de fadiga ocular. Se os seus filhos usam estas tecnologias, coloque um limite para o uso de 30 minutos a uma hora.

Acredito que nada em exagero é bom para nossa saúde física e mental, se você comer açúcar demais, pode morrer e se comer sal demais, o mesmo pode acontecer. Devemos ficar atentos para mantermos o equilíbrio em todas nossas atividades, e isso também deve ser ensinado as crianças, são elas as sementes do futuro e por isso, devemos mostrar o que de melhor pode e deve ser feito diariamente, como incentivo a esportes e atividades sociais. 😉

Este artigo foi retirado do Simple Organic Life e traduzido por NM com a autorização do autor.

Por favor, lembre-se de compartilhar trechos ou textos completos do blog sempre com os devidos créditos!

Anúncios

Um comentário sobre “8 razões para que seu filho não use celulares e tablets

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s