Uma Joia no Coração da Física Quântica

amplutihedron-isolate-II-no-text

forma geométrica “amplutihedron”

Nima Arkani-Hamed (arquiteto do Amplituhedron) fala sobre a remoção de espaço-tempo de amplitudes de espalhamento sobre o efeito Aharonov-Bohm, que é um fenômeno da mecânica quântica em que uma partícula carregada eletricamente é afetada por um campo eletromagnético.:

 “Parece não-local, mas nós dizemos não se preocupe pois sabemos em nossas cabeças que podemos introduzir um vetor potencial a se acoplar localmente, mas que vem com o preço de uma grande quantidade de padrões de redundância … Nós podemos ser não-redundantes e desistir da localidade manifestada, ou podemos ser redundantes e manter a localidade”.

O Amplituhedron é um dispositivo matemático que simplifica drasticamente cálculos de interações partícula-partícula – especificamente as amplitudes de dispersão, que são os cálculos de probabilidades para os diferentes resultados em experiências de dispersão (tal como partículas colidindo juntas em um acelerador de partículas).

A simplificação vem do uso de uma estrutura geométrica, onde em vez de fazer cálculos com milhares de termos (usando o que se chama de Feynman Diagrams), as amplitudes de espalhamento podem ser calculados a partir dos volumes de alguns Polytopes (teoria da supersimetria de Yang-Mills – com um espaço matemático conhecido como o Positive Grassmannian, que é utilizado para generalizar e simplificar os cálculos físicos particulares).

amplituhedron-drawing_webBasicamente, é um método para calcular amplitudes de probabilidade de partículas subatômicas usando poliedros N-dimensionais em um espaço abstrato, daí a denominação Amplituhedron. Já que o Amplituhedron não exige localidade (especificidade de localização no espaço-tempo), ou unitariedade (todas as probabilidades de estar entre 0 e 1, basicamente consiste dentro dos cálculos de teoria de campo quântica), pode vir a ser em algum momento um possível mecanismo para descrever a gravidade quântica. Como o espaço e tempo resultam características emergentes dos cálculos, e não são intrínsecos a eles, sugerem que a um nível mais fundamental em que existe uma estrutura geométrica que é essencialmente intemporal. Esta estrutura geométrica é muito reminiscente da matriz tetraédrica descrito pelo físico Nassim Haramein, que descreveu a matriz de 64 tetraedro como a estrutura fundamental da geometria do espaço-tempo.

Além disso, Nassim Haramein usou recentemente essa abordagem geométrica para gerar soluções para a gravidade quântica, bem como resolver aparentemente a enorme discrepância na intensidade da força da gravidade com outras forças naturais, como o eletromagnetismo e a imensa força nuclear. A teoria é de que se faz estreitamente um paralelo com os métodos empregados no Amplituhedron. Isso abre possibilidades muito emocionantes para a física teórica e os desenvolvimentos técnicos.

Fonte: Resonance – William Brown

Tradução: NM

Por favor, lembre-se de compartilhar trechos ou textos completos do blog sempre com os devidos créditos!

Anúncios

Um comentário sobre “Uma Joia no Coração da Física Quântica

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s